O boom imobiliário do Rio às vésperas das Olimpíadas

Como resultado dos grandes eventos esportivos mundiais que o Brasil vem organizando nos últimos anos, muitas das grandes cidades do país têm passado por grandes renovações urbanas. O boom imobiliário do Rio de Janeiro e as intervenções de transformação da cidade têm atraído atenção especial, principalmente à luz dos 2016 Jogos Olímpicos do ano que vem. O fato de todas as obras serem parcerias público-privadas (PPP) ou iniciativas inteiramente privadas significa que há no Rio uma infinidade de ótimas oportunidades de investimento tanto estrangeiro como local. Não poderia haver hora melhor: cada vez mais indivíduos de renda líquida ultra-alta (UHNWI), isto é, aqueles que possuem mais de USD 30 milhões em ativos, têm percebido quão lucrativos podem ser os mercados externos e estão começando a investir fora de seus países.

| O papel do Brasil nisso tudo |

Enquanto isso, os brasileiros têm contribuído bastante para esse processo; espera-se que o número de UHNWI’s no país cresça 50% mais do que a média global nos próximos dez anos. Essa tendência acompanha o crescimento impressionante da classe média brasileira e a redução das maciças desigualdades que se observaram na última década. Em grande medida, a economia brasileira têm, assim, sido sustentada  pelo consumo de todos os estratos sociais no período mais recente.

Boom imobiliário do Rio

O aumento do número de brasileiros que figuram entre os UHNWI’s pode ser mais claramente ilustrada por rankings recentes da aviação executiva, uma vez que os números relativos ao país e à China têm desafiado a posição do Oriente Médio, atualmente o terceiro maior mercado global do setor. Os super-ricos brasileiros têm voado 20% a cada ano desde 2010, principalmente para Reino Unido, Portugal, França e Espanha. De forma semelhante aos demais UHNWI’s, que tipicamente têm interesse em tirar benefício da valorização imobiliária, eles também têm investido muito no mercado imobiliário estrangeiro.

Boom imobiliário do Rio

Museu de Arte do Rio, um dos ícones da renovação da zona portuária da cidade

| E o que o Rio tem a ver? |

Na verdade, bastante. O principal projeto para os Jogos Olímpicos 2016 é o Parque Olímpico da Barra da Tijuca, mas outros locais de competição menores estão sendo construídos ou reformados em Copacabana, no Maracanã e em Deodoro. Na maioria dos casos, isso leva a uma valorização dos imóveis ao redor. Logicamente, isso significa também que prédios mais velhos e subaproveitados tendem a ser substituídos por construções novas, especialmente na Zona Sul, onde Copacabana se localiza e onde terrenos vazios são bem escassos. A Barra, por outro lado, ainda possui áreas despovoadas que estão sendo ocupadas por enormes condomínios de luxo, num novo boom imobiliário do Rio de que não se tinha notícias em pelo menos uma década.

Boom imobiliário do Rio

Concepção artística do futuro Parque Olímpico quando pronto

Em relação às iniciativas de renovação urbana, um imenso projeto encabeçado pela Prefeitura está sendo implantado na zona portuária do Rio sob o nome de “Porto Maravilha”. De modo semelhante ao que ocorreu em Barcelona em 1992, a administração municipal pretende renovar uma área cronicamente degradada do centro da cidade que teria muito a oferecer se mais bem cuidada. Bem localizada e extremamente rica em história, a região do porto do Rio é, porém, feia, perigosa e subpovoada. A prefeitura deseja assim dar uma nova cara à área. As principais ações com esse intuito incluem a demolição do notório elevado da Perimetral, a adoção de um moderno sistema de bondes (VLT’s), o estímulo à construção de edifícios comerciais e o estabelecimento de um corredor cultural na área, com a inauguração de dois museus de relevância internacional e do maior aquário público da América Latina.

Boom imobiliário do Rio

Aparência da Praça Mauá, na zona portuária, quando o Museu do Amanhã (em destaque) for inaugurado

Então, seja você um investidor à procura de novas chances de lucro durante o boom imobiliário do Rio, seja simplesmente um turista atrás de uma mistura de tranquilidade à beira-mar e empolgação esportiva enquanto se hospeda num apartamento de luxo no Rio, as Olimpíadas Rio 2016 vão lhe oferecer o melhor dos dois mundos.

Partilhe este artigo!